XII Conlab Congresso Luso-Afro-Brasileiro

Newsletter

introduza o seu email e subscreva a nossa newsletter

GT90: Angolanidade, Guineidade e Cabo-Verdianidade: Epítomes da nacionalidade na CPLP

Coordenadores: 
Paulo Castro Seixas 
ISCSP – Universidade de Lisboa
pseixas@iscsp.ulisboa.pt

Jorge Gumbe 
Ministério da Cultura de Angola
gumbe.jorge@gmail.com

Resumo GT90: Do lugar da cultura na política às políticas da cultura na CPLP deu-se todo um percurso sob a influência quer de um quadro abrangente (de blocos mundiais; africano – e asiático no caso de Timor-Leste; da ACP e também lusófono), quer de um quadro mais específico (estatal, partidário, regional e, mesmo, pessoal). No cruzamento de várias dessas influências, surgiram epítomes nacionais em vários países (Angolanidade, Guineidade, Moçambicanidade, Cabo-Verdianidade, Crioulidade...). Em alguns casos, a genealogia de tais epítomes radica naluta pela independência no entanto, é só na última década epítomes nacionais se institucionalizam em Programas de Governo e em documentos políticos e jurídicos específicos (ex: Planos Estratégicos de Educação e Cultura de Moçambique, 2006; Política da Cultura de Angola em 2011; PLEI-Cultura de 2011 de Cabo-Verde).  Estes epítomes, nas suas genealogias e derivações; enquanto produção literária e de senso comum e na sua institucionalização normativa recente; resultado de uma produção estatal de uma comunidade imaginada ou/e de plurais comunidades de sentimento da diáspora; efeito da neo-liberalização associada ao capitalismo da cultura e às indústrias culturais e criativas agora em voga ou/e evidência dos diretos culturais e do direito à diferença na sua expressividade; agregação em crioulização nacional de regionalismos e etnicismos ou/e produção folclórica por mediadores culturais para consumo cosmopolita, certo é que tais epítomes se colocam como desafio à interpretação das Ciências Sociais. Os três casos em análise (Angolanidade, Guineidade e Cabo-Verdianidade) foram escolhidos pelas suas diferenças, acreditando-se que o diálogo interpretativo que resulta de tais epítomes poder ser suficientemente compreensivo para levantar questões de análise e propostas interpretativas para as demais imaginações nacionais no quadro da CPLP e contribuir para um conhecimento mútuo maior.

CERTIFICADO

Ficheiros Anexos

Certificado GT 90
PDF | 637.87 KBytes
Voltar Imprimir O seu email não é valido
Organização
Secretariado
Transportadora Oficial
Patrocínios
2014 © Leading Todos os direitos reservados
Última actualização 2017-01-27